Notícias

II Conferência da Caatinga debate experiências exitosas realizadas no bioma

Quinta, 14 Junho 2018 10:07
II Conferência da Caatinga debate experiências exitosas realizadas no bioma

Diretor-presidente do Esplar participa como debatedor do eixo Agropecuária

Com o tema “Desenvolvimento humano e sustentabilidade”, a II Conferência da Caatinga se propõe a debater as problemáticas do bioma e as experiências exitosas realizadas na região, com o objetivo de promover políticas públicas para o desenvolvimento humano e a sustentabilidade. O Esplar – Centro de Pesquisa e Assessoria colabora com a discussão por meio do diretor-presidente Marcus Vinicius de Oliveira, convidado pela organização do evento a ser debatedor do eixo temático Agropecuária.

Ao todo, 68 experiências exitosas foram classificadas para a II Conferência da Caatinga, que ocorre entre 19 e 21 de junho, no Auditório Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Entre elas, 48 serão apresentadas em salas subdivididas nos seguintes eixos temáticos: Meio Ambiente; Segurança Hídrica e Saneamento Básico; Agropecuária; e Desenvolvimento Econômico e Social.

Além de Marcus Vinicius de Oliveira, diretor-presidente do Esplar, o evento conta os seguintes debatedores: Francisco Carneiro Barreto Campelo, superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama); João Lucio Farias de Oliveira, presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh); e José Otamar de Carvalho, engenheiro agrônomo e economista. Cada experiência terá 25 minutos de exposição, e, ao final das apresentações, o debatedor fará sua intervenção analisando os trabalhos.

As experiências exitosas foram desenvolvidas por várias instituições públicas do Nordeste, entre elas universidades, secretarias de estado do Meio Ambiente, organizações não governamentais, associações comunitárias, projetos de assentamentos e órgãos públicos estaduais e federais. Do total de trabalhos classificados, 62 estão distribuídos entre os estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí, Bahia e Ceará e seis estão na categoria Regional, uma vez que são desenvolvidos em mais de um estado.

A conferência também receberá como convidada Rosenely Diegues Peixoto, oficial do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A oficial ministrará a palestra “A importância dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e sua adequação às especificidades do Bioma Caatinga” na manhã do dia 20.

Simultaneamente à conferência, será realizada a Feira dos Saberes e das Culturas da Caatinga, durante a qual serão apresentados os costumes, a culinária, a música, a dança e o artesanato de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Bahia e Ceará. A feira apresentará os seguintes espaços temáticos: Bodega da Caatinga; Feira de Artesanias; Exposição de Produtos Alimentícios; Saberes da Caatinga; Livro e Leitura; Exposição de Fotografias; Conhecendo Asa Branca; e Feira Orgânica.


Programação:

II Conferência da Caatinga

19 de junho

19h30 - Abertura Solene da II Conferência da Caatinga e da Feira Cultural da Caatinga

Local: Auditório Murilo Aguiar - Assembleia Legislativa do Estado do Ceará

20 de junho

Manhã - Abertura dos Trabalhos

- Apresentação dos resultados da sistematização e análise dos compromissos assumidos na I Conferência da Caatinga.

- Palestra sobre o contexto do bioma frente aos impactos ambientais, sociais e econômicos no período da seca, destacando estratégias de ações e intervenções inovadoras.

- Palestra sobre a relevância dos ODS e sua adequação as especificidades do Bioma Caatinga.

Tarde - GT’s por Eixo Temático

Apresentações de experiências exitosas dos Estados;

21 de junho

Manhã e Tarde – Plenárias

Avaliação dos debatedores sobre a relação dos trabalhos apresentados com os ODS estratégicos para o Desenvolvimento Humano e a sustentabilidade do Bioma. (Adequação, desafios e proposições)

Encaminhamentos, Deliberações e Encerramento.