Esplar e SDA: Implantação de Cisternas beneficia escolas e comunidades tradicionais

18/01/2024 18:26:08
Esplar e SDA: Implantação de Cisternas beneficia escolas e comunidades tradicionais

 

O Esplar, por meio do Programa de Cisternas da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará, vai construir 248 cisternas, distribuídas entre os municípios de Beberibe, Caucaia, Horizonte, Aquiraz e Pacajus. O destaque do programa é a construção das tecnologias nas escolas, o que proporciona água de qualidade aos alunos e ao corpo docente.


 

Através do programa do governo estadual, o Esplar vai implantar ao todo 48 cisternas escolares que serão repartidas entre 20 escolas de Beberibe, 12 de Caucaia, nove de Horizonte, seis de Aquiraz e uma de Pacajus.

Para a construção de cisternas, as escolas devem atender os seguintes critérios: localização em zona rural; quantidade mínima de 50 alunos matriculados; existência de espaço adequado para a instalação da cisterna; terreno localizado em área pública. Além disso, as escolas devem comprometer-se a não encerrar suas atividades nos próximos dois anos. Esses requisitos visam assegurar que as cisternas sejam implementadas de maneira eficaz, promovendo a continuidade e o impacto a longo prazo dessas iniciativas.

O processo de implantação das cisternas nas escolas é dividido em três etapas: primeiro, a seleção e cadastramento das escolas; em seguida, a capacitação dos funcionários e dos gestores; por fim, a construção das cisternas.

Bartolomeu Barbosa, técnico do Esplar, explica que o processo acontece em parceria com os municípios: “Os municípios têm que dar essa contrapartida, realizando a escavação do buraco com 8 metros de diâmetro com 1,80 de profundidade. Cada município cede a retroescavadeira para fazer a escavação”.

A escola tem um papel importante durante a execução da obra, como define o técnico: “A escola entra com o cuidado para evitar acidentes, por isso, a gestão vai participar da capacitação obrigatória no programa. Outra função da escola é a alimentação dos pedreiros nos dias de trabalho da implantação”.

Visitas técnicas

No mês de janeiro, a equipe técnica do Esplar avaliou, ao todo, 22 escolas nos municípios de Aquiraz e Beberibe. Destas, 15 instituições se enquadram para a participação do programa. O restante já possuía cisternas instaladas ou não dispunha de espaço adequado para a construção da estrutura.


Comunidades tradicionais

O programa também vai atuar com a construção de cisternas para famílias de comunidades tradicionais, como ribeirinhos, indígenas, quilombolas e pescadores. Para atender esta população, o Esplar vai construir 200 cisternas que serão divididas entre os municípios de Aquiraz e Caucaia.
Na segunda-feira (22), a equipe do Esplar participa de uma reunião da comissão municipal do programa em Caucaia, para definir a lista das famílias beneficiadas.

 

parcerias

Banner Parcerias

redes e articulação

Banner Redes e Articulação

financiadores

Banner Financiadores

ESPLAR - Centro de Pesquisa e Assessoria. ©Copyright 2023. Todos os direitos reservados.